Falta medicamentos na Santa Casa de Campo Grande, e SES envia 325 ampolas de Rocurônio

Denuncia gazetacrnews em 04 de abril, 2021 15h04m
Facebook Twitter Whatsapp

A medicação reforça os estoques da rede pública diante do aumento do consumo desse medicamento em decorrência das complicações causadas pela Covid-19. Foto: Divulgação / Agência Brasília

Da Redação - Está faltando medicamentos na Santa Casa de Campo Grande, em especial para o tratamento da Covid-19. O alerta foi feito às autoridades no dia 3 de abril, último sábado. Falta medicamentos, principalmente o de bloqueadores neuromusculares, essencial para o atendimento aos pacientes críticos. 

O hospital noticou que não foi comtemplado com a última distribuição de medicamentos aos hospitais públicos e privados. A situação mais crítica é a do medicamento Rocurônio, que faz parte do kit intubação.

No mesmo dia que a Secretaria de Estado de Saúde foi informada sobre o caos na Santa Casa, foram doados 325 ampolas do medicamento (Rocurônio), áquele hospital. A SES informou que havia priorizado atender o envio a hospitais que estavam com a situação em ultima grau de necessidade. 

Houve falha grave do Ministério da Saúde em não peovidenciar a compra de medicamentos que integram o chamado kit Covid para intubação de pacientes. Está faltando medicamentos em vários hospitas, país afora. 

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários